Tudo que você queria saber sobre peelings de cristal e diamante! | Busca Saúde
  • Bairros
  • Atividades / Especialidades
Home Login | Contato | Faça Parte
  • Facebook Busca Saúde
    fans
  • Twitter Busca Saúde
    Siga nosso Twitter
  • RSS Busca Saúde
    RSS

Redes Sociais


Matérias mais lidas

Tudo que você queria saber sobre peelings de cristal e diamante!

12345 (2 voto(s), média: 4,50)
Loading ... Loading ...

Os peelings estão entre os procedimentos mais realizados nos consultórios dermatológicos. Quando bem indicados e realizados adequadamente possuem inúmeras vantagens: são relativamente baratos, seguros e com bons resultados finais. Mas… o que são peelings? Para que servem? Para quem estão indicados? O que se pode esperar do tratamento?

O termo peeling deriva do verbo “to peel” ou descascar em Inglês. Isso significa que a pele submetida ao procedimento necessariamente sofrerá descamação, que poderá variar desde uma esfoliação leve até descamações mais grosseiras. Essa esfoliação, ao retirar de forma planejada as camadas cutâneas mais superficiais, permite que surja, após cicatrização completa, uma pele nova mais uniforme e luminosa. Quando são utilizados ácidos como indutores dessa esfoliação damos ao processo o nome de peeling químico. Por outro lado, quando para induzir a descamação da pele são utilizados aparelhos dizemos que estamos diante de um peeling mecânico.

Hoje vamos falar apenas sobre os peelings mecânicos: os famosos peelings de cristal e diamante! Vamos tentar explicar bem direitinho como são realizados e para que servem.

Os peelings mecânicos são técnicas de microdermoabrasão , em outras palavras: promovem um lixamento suave e superficial da pele. No caso do peeling de cristal esse lixamento é realizado pela pulverização de microcristais, liberados pela ponteira do aparelho, sobre a superfície cutânea. O peeling de diamante, por sua vez, promove abrasão através do deslizamento sobre a pele de uma ponteira porosa de diamante.

Ambas as técnicas são indolores, não invasivas e realizadas de forma muito similar. Após avaliação criteriosa e indicação precisa, o procedimento deverá ser realizado por um profissional de saúde experiente, em consultório médico, sem necessidade de anestesia ou qualquer preparo especial da pele. A área a ser tratada, previamente limpa, é esticada com o polegar e o indicador de uma das mãos e com a outra a ponteira do aparelho será deslizada sobre a pele, promovendo o seu lixamento. Simples, não?!

São múltiplas as indicações dos peelings mecânicos e são elas que definem o número de sessões necessárias, normalmente realizadas em intervalos semanais. Segue abaixo uma correlação entre as sessões de microdermoabrasão e suas indicações:

Rugas faciais 8 a 10 sessões
Cicatrizes de acne 15 a 20 sessões
Alterações de pigmentação (manchas) 5 a 7 sessões, associados a terapia tópica
Clareamento da pele 5 a 7 sessões
Preparo para laser de CO2 e laser de Erbium 3 sessões
Preparo para face-lifting (cirurgia plástica) 2 sessões
Cicatrizes superficiais 5 a 7 sessões
Poros dilatados 5 a 7 sessões, assiciadas a tratamentos tópicos
Cicatrizes atróficas (deprimidas) 5 a 7 sessões, associadas a tratamento loca
Estrias superficiais 25 a 30 sessões, associadas a tratamentos locais

Terminado o peeling a pele fica avermelhada, inchada e ligeiramente sensível. A vermelhidão e o inchaço duram normalmente poucas horas, mas podem extender-se de acordo com a sensibilidade do paciente e a profundidade da abrasão. Peelings superficiais não requerem qualquer tipo de recuperação especial, permitindo que os pacientes retornem imediatamente ao seu trabalho diário e atividades sociais. O uso de maquiagem hipoalergênica e de fotoprotetor solar é liberado imediatamente após o procedimento e os cosméticos domiciliares contendo ácidos já podem ser normalmente utilizados no dia seguinte. Cuidados devem ser tomados quanto a fotoexposição, indicando-se a aplicação diária de filtros solares. (Fonte:cabeloepele.blogspot.com


*O conteúdo(textos e imagens) publicados no Busca Saúde são de exclusiva responsabilidade do seu autor, identificado sempre abaixo do artigo.

*O Busca Saúde é um portal de conteúdo e referência, e deverá ser utilizado somente como fonte de informação. Qualquer artigo ou referêcia publicada, nunca substituirá, em hipótese alguma, uma consulta presencial, tratamento ou diagnóstico realizado por um médico ou profissional de saúde. Procure sempre o seu médico para esclarecer qualquer duvida.

Conteúdo relacionado

Cadastre-se no Busca Saúde , e receba conteúdo e informações exclusivas sobre Saúde e Bem Estar. Rápido e fácil. Clique aqui
O Busca Saúde é um portal de conteúdo e referência, e deverá ser utilizado somente como fonte de informação. Qualquer artigo ou referência publicada, nunca substituíra, em hipótese alguma, uma consulta presencial, tratamento ou diagnóstico realizado por um médico ou profissional de saúde. Procure sempre seu médico ou profissional de saúde para esclarecer qualquer dúvida.
© 2010 Busca Saude      Todos os direitos reservados a Busca Saúde. Todo conteúdo não pode ser copiado, publicado ou transmitido sem prévia autorização de seus autores.